sábado, 1 de setembro de 2012

CARENCIA E COBERTURAS DOS PLANOS EMPRESARIAIS

BOM DIA PESSOAL TROUXE UMA INFORMAÇÃO PARA AQUELAS PESSOAS QUE TEM MUITAS DUVIDAS SOBRE A COBERTURA E CARENCIA DOS PLANOS DE SAUDE EMPRESARIAL...(DADOS TIRADOS DO SITE DA ANS)

O que acontece quando o beneficiário de um plano coletivo tem alguma doença ou lesão anterior à contratação do plano de saúde?

Se for um plano coletivo por adesão (contratado por um sindicato ou uma associação), pode acontecer cobertura parcial temporária (CPT). Isso significa que o plano de saúde pode ou não cobrir, por até no máximo 24 meses, cirurgias, internações em leitos de alta tecnologia (UTI/CTI) e procedimentos de alta complexidade exclusivamente relacionados à doença ou lesão que o consumidor já tinha quando adquiriu o plano de saúde. Após esses 24 meses, o plano de saúde fica obrigado a cobrir todos esses atendimentos.

Se for um plano coletivo empresarial (contratado pela empresa para a qual a pessoa trabalha) com mais de 30 beneficiários e o consumidor tiver ingressado no plano em até 30 dias da data da formalização do contrato do plano de saúde ou da vinculação desse consumidor à empresa contratante, não poderá ocorrer cobertura parcial a cobertura será total.

Ingresso em plano coletivo empresarial

Se você pedir para ingressar em um plano coletivo empresarial, contratado por uma empresa ou instituição para seus funcionários, com ou sem seus respectivos grupos familiares, com mais de 30 (trinta) beneficiários em até trinta dias da celebração do contrato coletivo ou de sua vinculação à pessoa jurídica contratante, não poderá ser exigido o cumprimento de carência.

JA OS DEMAIS PLANOS DEVEM CUMPRIR CARENCIA NORMATIVA MINIMA EXIGIDA PELA ANS CONFORME A TABELA ABAIXO:

Situação Tempo a ser aguardado após a contratação do plano de saúde*
Casos de urgência, acidentes pessoais ou complicações no processo gestacional, e emergência, risco imediato à vida ou lesões irreparáveis. 24 horas 
Partos a termo, excluídos os partos prematuros 300 dias
Doenças e lesões preexistentes (quando contratou o plano de saúde, a pessoa já sabia possuir)** 24 meses
Demais situações 180 dias
 
 
Atenção:
* Esses são limites de tempo máximos. Isso quer dizer que a operadora de planos de saúde pode exigir um tempo de carência menor que o previsto na legislação.

** Para as doenças e lesões preexistentes, o consumidor tem cobertura parcial temporária até cumprir dois anos de carência. Durante esse período, ele não tem direito à cobertura para procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia - CTI e UTI - e cirurgias decorrentes dessas doenças. Entretanto, se o paciente decidir ser atendido nesses casos, mesmo sem ter aguardado ainda o tempo estabelecido, ele poderá escolher pagar um valor adicional para ter acesso a esses atendimentos – isso se chama agravo.

ATE O PROXIMO CAPITULO...BJUSSSS

 

2 comentários:

  1. excelentes informações Vanessa, muita gente tem duvida sobre carencia de plano.
    Aguardo sua visita no meu blog e vlog, onde conto
    tudo sobre minha cirurgia bariátrica.
    |Blog| http://isaclourenco.blogspot.com.br/
    |Vlog| http://www.youtube.com/100observacoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI ISAC
      OBRIGADO, ACREDITO QUE SOMOS FERRAMENTAS DE DEUS PARA APRENDER E PASSAR O QUE APRENDEMOS AOS QUE NECESSITAM DE INFORMAÇÃO E AJUDA.

      Excluir